27 de jun de 2015

Playboy e a Revolução (Homo) Sexual

 

playboy

esquire_usa_april_2013_page_1471

Que tipo de homem é esse?

Ele é exigente com sua aparência, sua casa e seus bens. Ele quer tanto sexo quanto possível e escolhe parceiros sexuais principalmente em função da aparência. Ele é egoísta e não quer envolvimento emocional ou compromisso. Ele acha que uma mulher iria sufocá-lo e as crianças seriam um fardo.

Isso soa como o comportamento gay?

É também o ideal masculino difundido pela revista Playboy para os homens desde a década de 1950. No fim dos tempos, quando abrirem o envelope identificado como "Qual é a essência da masculinidade?" Eu suspeito que eles vão dizer: "... Cuidar de mulheres e crianças atuando como agentes de Deus, criando e apoiando uma nova vida." Mas em 1972, 3 a cada 4 estudantes universitários do sexo masculino tiveram suas ideias estabelecidas sobre o conceito de masculinidade da Playboy a um preço incalculável para si, mulheres, crianças, e a sociedade.

Hugh_Hefner_001a

A semelhança entre a Playboy e o ideal homossexual não é coincidência. "O Relatório Kinsey" (1948) tem sido usado como inspiração pela grande mídia atual em relação ao sexo. Ele defendeu a expressão sexual desenfreada e tornou-se o manifesto da contracultura e da revolução sexual. Ele inspirou Hugh Hefner a criar a Playboy em 1953. Essencialmente, ele dizia que o comportamento sexual aberrante era tão comum a ponto de ser normal. Graças à psicóloga Judith Reisman, agora sabemos que Alfred Kinsey e seu "Kinsley Report" eram fraudes. Kinsey, zoólogo da Universidade de Indiana, fingiu ser um homem de família conservadora. Na verdade, ele era um molestador de crianças e pervertido homossexual que seduziu os estudantes do sexo masculino e forçou sua esposa e colaboradores a atuarem em filmes pornográficos caseiros.

Agenda de Kinsey, nas palavras de Reisman, era "superar a era judaico-cristã-procriativa fundamentalista com um promíscuo ‘vale tudo’ bi/gay, ou seja, um paraíso dos pedófilos." ( Crafting Gay Children: An Inquiry , p.4) Mais de 25% de suas cobaias eram prostitutas e presidiários, incluindo muitos criminosos sexuais. Kinsey, que morreu prematuramente de doença associada com a masturbação excessiva, disse que 10% dos homens americanos eram gays quando, na verdade; apenas 2% eram. Kinsey e sua equipe de pedófilos abusaram de 2.000 bebês e crianças para provar que eles têm necessidades sexuais legítimas. Reisman conclui: "crescentes patologias libidinosas da América ... ensinadas nas escolas ... e refletidas em nossos bens, artes populares, imprensa, direito, espelham as psicopatologias sexuais documentadas na equipe de Kinsey e em si mesmo." (Kinsey: Crimes e Conseqüências)

Hugh Hefner disse que o Relatório Kinsey "produziu um despertar sexual enorme, principalmente por causa da atenção da mídia ... Eu realmente enxergo Kinsey como o início de tudo. Certamente, seu livro foi muito importante para mim." Com fervor messiânico, a Playboy levou sua mensagem de liberdade sexual para o macho americano que, na década de 1950 e 1960, ainda consagrada o sexo para o casamento. Mas a liberdade era ilusória. O objetivo da Playboy, o objetivo de todos os pornógrafos era ligar os homens às suas fantasias fabricadas. Para fazer isso, eles tiveram que impedi-los de encontrar a verdadeira satisfação no casamento. Nas palavras de Reisman, a "Playboy foi a primeira revista nacional a explorar os medos das mulheres e o compromisso de família dos homens universitários. A Playboy ofereceu-se como um substituto confiável para confortar o amor heterossexual monogâmico." (Soft porn joga duro, p 47).

6rk5kihrerexgbjy9takvxb0j

Outrora "inimigos declarados", a Playboy e as feministas encontraram um terreno comum no ódio pela heterossexualidade saudável expressa na família nuclear. Como resultado da (homo) revolução sexual, a sociedade agora sofre com epidemias de desagregação da família, pornografia, impotência, abuso sexual infantil, violência sadosexual, gravidez na adolescência, um coquetel de doenças sexualmente transmissíveis e, claro, AIDS. A taxa de natalidade caiu em 60% desde 1960 e está agora abaixo do nível de reposição. Mas “não devemos ficar no caminho do progresso social”.

81FNFC97ehL._SL1500_

A homossexualidade é um transtorno do desenvolvimento causado quando uma criança do sexo masculino não se relaciona com o pai. O psicólogo Richard Cohen, em "Coming Out Straight: Understanding and Healing Homosexuality" (2000) argumenta persuasivamente que, por ter relações sexuais com homens, o gay adulto está tentando compensar o amor paterno negado na adolescência. O próprio Cohen era um homossexual e agora é casado e tem três filhos. Ele atribui o lesbianismo à reação de uma mulher que foi rejeitada ou abusada por seu pai. Ele curou centenas de homossexuais, mas está sob ataque constante por minar a política da agenda gay. (isto é, redefinindo as normas da sociedade.)

51h2VWV1XHL._SY344_BO1,204,203,200_

O psiquiatra Jeffrey Satinover apontou para uma outra causa da homossexualidade. Uma pesquisa com 1.000 gays em 1990 mostrou que 37% deles, antes da idade de 19 anos, costuma ser agredido fisicamente por um parceiro mais velho ou mais poderoso (Homossexualidade e American Life Pública, 1999, p.24). Além disso, de acordo com Anne Moir, em "Why Men Don't Iron", alguns homens podem ser "gay de nascença" devido a desequilíbrios hormonais fetais. Esses parecem ser a minoria da minoria.

Por muitas décadas, os gays repetiram que eram "doentes" e cruelmente perseguidos. Sua solução: convencer o mundo de que, de fato, os heterossexuais é que estão doentes. Em 1973, eles intimidaram a Associação Americana de Psicologia a proclamar a homossexualidade como algo normal. Juntamente com as feministas (que acreditam que a heterossexualidade é inerentemente opressiva), os gays começaram a desmantelar todas as instituições heterossexuais: masculinidade, feminilidade, casamento, família, escoteiros, esportes, militarismo, sistema de ensino e nossa herança cristã judaico.

feminismo

Usando a sua posição na mídia, os gays e seus simpatizantes liberais (agora uma maioria.) ditam nossa sensibilidade cultural. Eles são responsáveis ​​pela obsessão com o sexo pornográfico infantil que permeia a televisão, os vídeos de música e a Internet. Este estado de desenvolvimento humano preso é característico de homossexuais que tem dificuldade em formar relacionamentos satisfatórios a longo prazo. Com as mulheres heterossexuais agindo como homens e vice-versa, nós nos tornamos como eles.

Manuais de libertação gay falam sobre "normalizar" sua sexualidade e "dessensibilizá-la" ostentando o homossexualismo. Eu fiquei pálido quando levei o meu filho de 10 anos de idade para ver o filme de Adam Sandler chamado “Billy Madison” e ouvi um jovem macho adolescente no filme casualmente perguntar a outro: "Você prefere a esquelética Pamela Anderson ou o jovem Jack Nicholson?" Na semana passada, na série de TV "Will and Grace", Jack, que é gay e usa um avental disse: "Beije o cozinheiro". Assim como os comunistas, que enganam benfeitores que acham o radicalismo chique, os gays definem a moda para os liberais ingênuos de hoje.

11168816_ori

Os ativistas gays e feministas pensam que a moralidade tradicional foi inventada para perpetuar um status quo injusto. Na verdade, a moralidade é a sabedoria acumulada da humanidade sobre o que é saudável e, finalmente, gratificante. A perversão é o desvio do que é saudável. Moralidade Heterossexual coloca o sexo no contexto do amor e / ou casamento porque "humaniza" o apetite sexual. Ele garante que o ato físico mais profundo e íntimo entre duas pessoas expressa um vínculo emocional-espiritual proporcional. Esta é a única maneira que o sexo pode ser verdadeiramente satisfatório, tanto para homens quanto mulheres. Também é saudável para a sociedade, pois fornece para o resultado natural e necessário de amor os filhos.

KCC-E4-cover

Com a ajuda de Hugh Hefner, Alfred Kinsey separou o sexo do amor e da procriação. Ele reduziu a apenas mais uma função física como urinar. Os homossexuais parecem campeões anônimos de sexo no banheiro; alguns fornicam através de um buraco numa parede do compartimento. A maioria tem de 10-100 parceiros anualmente. Em forma menos extrema, este é o modelo que os heterossexuais têm adotado. Recentemente, uma colunista social do National Post declarou invejar casais heterossexuais que acabaram de romper: "Eles estão aí fora festejando, fazendo sexo sem amarras."

168a5ac

Em conclusão, a "revolução sexual" foi realmente um triunfo de normas e valores homossexuais perversos. A agenda gay-feminista consiste em redefinir “saúde” como “desvio” e vice-versa, e eles conseguiram. Em quarenta curtos anos, quase todas as restrições sexuais da sociedade heterossexual estão dissolvidas. A desagregação cultural e social só vai piorar. Precisamos de uma contra-revolução.

Por: Henry Makow ph.D. (novembro de 2001).

Traduzido por Buck Williams



Marcadores

1984 (2) A Fazenda (1) Abner Ferreira (2) Aborto (5) Adoração (1) Agenor Duque (1) Albert Pike (10) Aldous Huxley (1) Aleister Crowley (8) Alex Jones (3) Alimentação (5) Amor (61) Anti-Cristo (28) Anton LaVey (11) Aplicativo (1) Apocalipse (52) Apostasia (81) Apóstolo Paulo (4) Apple (1) Aquino (2) Arquitetura (1) Arrebatamento (2) Atalaia (4) Atentado Paris (1) Autoridade (7) Avicci (1) Aylan Kurdi (1) Ayrton Senna (1) Bancada Evangélica (14) Baphomet (7) Barack Obama (12) Batalha Espiritual (16) Bíblia (3) Bíblia Satânica (8) Big Brother (23) Bispo Dozane (3) Bispo Macedo (12) Bispo Robson Rodovalho (2) Blogueiros (34) Brasília (2) Bruxaria (3) Cabala (6) Caim (2) Caio Fábio (1) Carnalidade (72) Carnaval (3) Catolicismo (9) Cenas fortes (1) Cezar Scholze (1) CIA (4) Clube Bilderberg (10) Codex Alimentarius (1) Comunismo (1) Conspiração (51) Controle mental (50) Copa do Mundo (1) Copa do Mundo 2014 (2) Corrupção (83) Crianças (2) Crise na Europa (8) Crítica (12) Cruz (1) Culto ao vivo (5) Cura (3) Daniel Batista (1) Daniel Estulin (6) Daniel Messac (1) Danilo Fernandes (1) Demas (1) Dep. João Campos (1) Depressão (4) Desafio (2) Desenho (2) Deuses (13) Dia dos Namorados (1) Dia dos Pais (1) Dinheiro (38) Dízimo (10) dr. Pedroza (1) Drogas (12) Economia (15) Edir Macedo (30) Eduardo Paes (1) Educação (8) Egito (4) Elite global (35) Emocional (2) Enoque Lima (4) Entretenimento (39) Entrevista (4) Escrever (1) Espiritismo (10) Espírito Santo (4) Estêvão (2) Estudo (106) Estupro (2) Evangelho (2) exposição (1) Fabio Pires (1) Facebook (3) Família (23) Faraó (7) Farsa Aquecimento Global (2) (40) Feliz Ano Novo (2) FIFA (2) Filemom (2) Futebol (1) G.A.D.U (25) Gabriel Medina (1) Gay (2) Genizah (1) George Bush (1) George Orwell (1) Gnosticismo (3) Gospel (17) Gospel Mais (3) Graça (15) HAARP (4) Halloween (1) Hangout (87) Hipnose (2) História (11) Hitler (1) Homossexualismo (40) Hórus (4) HSBC (1) Humanismo (12) Idolatria (25) Igreja (34) Igreja Em Ação (1) Igreja Universal (25) Illuminati (15) Índios (1) Influência (46) Internet (27) Iphone (1) Irmãos (48) Isadora Faber (1) Islã (1) Israel (2) Jaime Santana (29) JAMI (2) Jesus (84) (1) Jogo da Velha (1) Jogos (1) Jornal Estadão (1) Julian Assange (3) Julio Severo (3) Juventude (9) Kuddle (1) Legalismo (2) Louvor (5) Lúcifer (29) Maçonaria (165) MAFIA (3) Magia (11) Magno Malta (4) Manipulação (94) Manoel Ferreira (5) Marcha para Jesus (12) Marco Feliciano (20) Marcos Pereira (4) Marília Camargo César (1) Marisa Lobo (3) Matança (1) Matemática (2) Matrix (4) Maxwell Palheta (178) Mazzini (3) Ménage à trois (1) Mensagem (160) Mensagem Subliminar (12) Microchip (1) Mídia (92) Mike Murdoch (1) Mitologia Grega (2) MK Ultra (7) Moisés (2) MomentCam (1) Monsanto (1) Mortos (7) Moyses Macedo (1) Muçulmanos (5) Múmia (1) Música Secular (9) Músicas (6) NASA (2) Necronomicon (2) Neemias Gomes (1) Nova Era (9) Nova Ordem Mundial (73) O Rappa (1) Ocultismo (50) Olho de Hórus (8) Olimpíadas Londres 2012 (3) Opinião (284) Paganismo (16) Palestra (7) Papa (4) papa francisco (1) Paris (2) Pastor (5) Patricia Piccinini (1) Paul Walker (2) Paul Washer (3) Paulo Curi (2) PC do B (5) Pecado (59) Pedofilia (1) Perdão (21) Pirâmides (4) Pnl (1) Poema (4) Política (161) Pornografia (1) Portugal (2) Praga (1) PRB (1) Pré Pós Tribulação (3) Proclamação da República (1) Programação Monarca (3) PSB (5) PSC (9) PSDB (13) Psicologia (3) PT (17) Rachel Sheherazade (1) Rafinha Bastos (1) Raquel Elana (2) Rebeldia (19) Rede Globo (21) Rede Record (4) Reflexão (145) Rei Davi (1) Religião (71) Rio de Janeiro (43) Rituais (22) rockefeller (1) Rotschild (2) Ruy Castro (1) Sacrifício (16) Salvação (52) Samuel Ferreira (6) Santidade (44) Satanismo (43) Saúde (20) Sebastião Aragão (1) Semíramis (2) Set (3) Sexo (4) Silas Malafaia (52) Simbologias (14) Skinhead (1) Skull and Bones (2) Solidariedade (1) Stalin (1) Tecnologia (34) Televisão (1) Templo de Salomão (3) Teologia da Prosperidade (13) Terra plana (1) Thalles Roberto (1) Thomas Edison (1) Timóteo (1) Transgênicos (1) Trauma (6) Ufo (5) Universo Cristão (162) Usain Bolt (1) Vídeos (316) voyeurismo (3) WikiLeaks (3) Zumbi (2)