15 de dez de 2012

Adam Lanza e o Massacre dos Inocentes

Nicolas Poussin - Priscila e Maxwell Palheta

 

Essa coisa de massacre, atrocidade e genocídio é um fatídico mundial, mas às vezes tenho uma leve sensação que isso é quase que exclusivo dos norte-americanos. Antes de tudo, gostaria que o amigo visitante lesse este artigo (James Eagan Holmes: “O Coringa de todo dia”) para que possa ter uma compreensão melhor do que comentaremos a seguir.

A ‘doença hereditária’ é uma realidade e isto é comprovado quando vemos tragédias como esta no Estado de Connecticut, Estados Unidos. Um ataque devastador e derramador de sangue inocente, promovido por um garoto de vinte anos de idade: Adam Lanza.

Pergunto: o que leva uma pessoa a matar 20 crianças e 6 adultos num colégio? Isso é normal? Sim. Pelo menos para os estadunidenses. Pois, para quem dizimou milhares de cidadãos japoneses lançando não uma, mas duas bombas atômicas, isso é um fato normalíssimo. Estimulados pelo cinema, pela música, pelo egocentrismo, eles acabam por se tornarem reféns mental e espiritualmente deste demônio. Ausência de Deus dá nisso. Esse é o resultado do vazio existencial.

O assassinato de inocentes vende jornais, dá mais audiência e torna a sociedade mais fria, porque eles cumprem um papel fundamentalmente midiático que é banalizar a morte. E o genocídio infantil é uma prática antiga, vejamos alguns fatos históricos, antes que eu termine meu raciocínio:

Massacre_of_the_Innocents_(Cogniet) - Priscila e Maxwell Palheta Por Léon Cogniet (1824), atualmente na Musée des Beaux-Arts, em Rennes.

1 – Durante o reinado de Herodes:

Um triste incidente infanticídio promovido pelo rei Herodes foi relatado em Mateus 2. A descrição neste livro mostra que o rei deu ordem para o massacre de todos os meninos nascidos em Belém, porque temia perder seu reinado para o recém-nascido “Rei dos Judeus”, cujo nascimento havia sido revelado para ele pelos três reis magos. Estima-se que mais de dez mil crianças foram brutalmente assassinadas.

2 - Durante o Holocausto:

A criança ou o adolescente é frágil, por natureza. Os nazistas faziam se valer de dois argumentos para matar os menores: “perigosos” ou “indesejáveis”, baseando-se em ideologias como “luta racial”, bem como medida de segurança preventiva. Os alemães exterminavam os frágeis por estes dois “motivos” imbecis e irreais.

Estima-se que os nazistas massacraram cerca de 1,5 milhões de crianças, jovens e adolescentes, sendo um milhão delas judias, além de crianças alemãs e polonesas portadoras de deficiências físicas ou mentais que viviam em instituições. Jovens entre 13 a 18 anos, tinham mais chances de sobreviver, pois, poderiam trabalhar como escravos.

Podemos classificar o rumo das crianças, da seguinte forma:

a) Assim que chegavam aos campos de extermínio eram assassinadas;

b) Eram mortas ao nascer ou assassinadas quando amontoadas nas instituições;

c) As maiores de 12 anos podiam ser usadas em experiências “médicas” ou escravas ou

d) Devido às represálias e operações nazistas também eram executadas.

Os alemães denominavam as crianças judias de “consumidores inúteis de comida”, por este motivo, muitas morriam nos guetos por conta de inanição, já que eram muito novas para trabalharem. Assim como os mais velhos, doentes e deficientes, as crianças mais jovens eram enviadas para os campos de concentração para serem mortas, ou então eram conduzidas até as covas de devastação em massa para serem metralhadas pelos soldados da SS (organização paramilitar ligada ao partido nazista e a Adolf Hitler). Já em Auschwitz-Birkenau, ou em outros campos de massacre, eram levadas diretamente para as câmaras de gás.

Não somente crianças judias sofreram os atentados, mas estima-se que entre cinco a sete mil crianças alemãs também foram mortas, vítimas do programa de “eutanásia” nazista.

Das que não eram mortas por meio de fuzilamento, câmara de gás ou por inanição, outras milhares sofriam brutalmente em experiências médicas cruéis. Já para as que passavam por trabalhos forçados e condições aterrorizantes nos campos de trânsito era apenas o começo antecedente à sua morte.

Tudo isto, provocado pela mente doentia de um homem que buscava “salvar a pureza do sangue ariano”.

3 – Aborto:

Tudo o que foi relatado até o momento é gravíssimo e foi uma triste realidade. Sentimos-nos impotentes e com a alma desfalecida diante de tais tragédias. Porém, bem distante dos holofotes e do abalo momentâneo promovido pelas mídias, algo devastador acontece neste exato momento mundo a fora.

Bebezinhos indefesos e impossibilitados de ao menos implorarem por suas vidas – “não me mate, não atire em mim, eu imploro, por favor...” – são conduzidos à carnificina pelos próprios “pais” e massacrados em silêncio por profissionais abortistas que, não com uma arma ou um fuzil, mas com técnicas de sucção, evacuação, curetagem e injeção de líquidos cáusticos, impiedosamente lhes tiram a vida.

Se o aborto não é um crime, por que então devemos nos comover com o frio massacre dessas pobres crianças?

Pense bem, pois nenhum atirador, ditador ou abortista ficará impune diante dos olhos de Deus. “Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.” Mateus 19:14

Muitas mulheres soviéticas e polonesas grávidas deportadas para Alemanha, para trabalharem como escravas, carregando consigo o concepto do estupro, eram obrigadas a abortar ou dar à luz em condições precárias para que os recém-nascidos não sobrevivessem caso os “especialistas raciais” acreditassem que o nascido não era suficientemente ariano.

 

Infelizmente nosso cotidiano é marcado pelas tragédias, violências e perdas em cada esquina. Tudo isto é consequência do pecado, do egoísmo, ou seja, da ausência de Deus, pois o mundo jaz no maligno. Mas a fúria de satanás sempre foi e sempre será contra as criancinhas. Não é à toa a crescente problemática de homicídios e violências por parte de pedófilos.

Vamos orar e voltar para Deus, estamos vivendo o fim dos tempos.

LEIA TAMBÉM:
Anencéfalos: Judiciário Libera Aborto
James Eagan Holmes: “O Coringa de todo dia



Marcadores

1984 (2) A Fazenda (1) Abner Ferreira (2) Aborto (5) Adoração (1) Agenor Duque (1) Albert Pike (10) Aldous Huxley (1) Aleister Crowley (8) Alex Jones (3) Alimentação (5) Amor (61) Anti-Cristo (28) Anton LaVey (11) Aplicativo (1) Apocalipse (52) Apostasia (81) Apóstolo Paulo (4) Apple (1) Aquino (2) Arquitetura (1) Arrebatamento (2) Atalaia (4) Atentado Paris (1) Autoridade (7) Avicci (1) Aylan Kurdi (1) Ayrton Senna (1) Bancada Evangélica (14) Baphomet (7) Barack Obama (12) Batalha Espiritual (16) Bíblia (3) Bíblia Satânica (8) Big Brother (23) Bispo Dozane (3) Bispo Macedo (12) Bispo Robson Rodovalho (2) Blogueiros (34) Brasília (2) Bruxaria (3) Cabala (6) Caim (2) Caio Fábio (1) Carnalidade (72) Carnaval (3) Catolicismo (9) Cenas fortes (1) Cezar Scholze (1) CIA (4) Clube Bilderberg (10) Codex Alimentarius (1) Comunismo (1) Conspiração (51) Controle mental (50) Copa do Mundo (1) Copa do Mundo 2014 (2) Corrupção (83) Crianças (2) Crise na Europa (8) Crítica (12) Cruz (1) Culto ao vivo (5) Cura (3) Daniel Batista (1) Daniel Estulin (6) Daniel Messac (1) Danilo Fernandes (1) Demas (1) Dep. João Campos (1) Depressão (4) Desafio (2) Desenho (2) Deuses (13) Dia dos Namorados (1) Dia dos Pais (1) Dinheiro (38) Dízimo (10) dr. Pedroza (1) Drogas (12) Economia (15) Edir Macedo (30) Eduardo Paes (1) Educação (8) Egito (4) Elite global (35) Emocional (2) Enoque Lima (4) Entretenimento (39) Entrevista (4) Escrever (1) Espiritismo (10) Espírito Santo (4) Estêvão (2) Estudo (106) Estupro (2) Evangelho (2) exposição (1) Fabio Pires (1) Facebook (3) Família (23) Faraó (7) Farsa Aquecimento Global (2) (40) Feliz Ano Novo (2) FIFA (2) Filemom (2) Futebol (1) G.A.D.U (25) Gabriel Medina (1) Gay (2) Genizah (1) George Bush (1) George Orwell (1) Gnosticismo (3) Gospel (17) Gospel Mais (3) Graça (15) HAARP (4) Halloween (1) Hangout (87) Hipnose (2) História (11) Hitler (1) Homossexualismo (40) Hórus (4) HSBC (1) Humanismo (12) Idolatria (25) Igreja (34) Igreja Em Ação (1) Igreja Universal (25) Illuminati (15) Índios (1) Influência (46) Internet (27) Iphone (1) Irmãos (48) Isadora Faber (1) Islã (1) Israel (2) Jaime Santana (29) JAMI (2) Jesus (84) (1) Jogo da Velha (1) Jogos (1) Jornal Estadão (1) Julian Assange (3) Julio Severo (3) Juventude (9) Kuddle (1) Legalismo (2) Louvor (5) Lúcifer (29) Maçonaria (165) MAFIA (3) Magia (11) Magno Malta (4) Manipulação (94) Manoel Ferreira (5) Marcha para Jesus (12) Marco Feliciano (20) Marcos Pereira (4) Marília Camargo César (1) Marisa Lobo (3) Matança (1) Matemática (2) Matrix (4) Maxwell Palheta (178) Mazzini (3) Ménage à trois (1) Mensagem (160) Mensagem Subliminar (12) Microchip (1) Mídia (92) Mike Murdoch (1) Mitologia Grega (2) MK Ultra (7) Moisés (2) MomentCam (1) Monsanto (1) Mortos (7) Moyses Macedo (1) Muçulmanos (5) Múmia (1) Música Secular (9) Músicas (6) NASA (2) Necronomicon (2) Neemias Gomes (1) Nova Era (9) Nova Ordem Mundial (73) O Rappa (1) Ocultismo (50) Olho de Hórus (8) Olimpíadas Londres 2012 (3) Opinião (284) Paganismo (16) Palestra (7) Papa (4) papa francisco (1) Paris (2) Pastor (5) Patricia Piccinini (1) Paul Walker (2) Paul Washer (3) Paulo Curi (2) PC do B (5) Pecado (59) Pedofilia (1) Perdão (21) Pirâmides (4) Pnl (1) Poema (4) Política (161) Pornografia (1) Portugal (2) Praga (1) PRB (1) Pré Pós Tribulação (3) Proclamação da República (1) Programação Monarca (3) PSB (5) PSC (9) PSDB (13) Psicologia (3) PT (17) Rachel Sheherazade (1) Rafinha Bastos (1) Raquel Elana (2) Rebeldia (19) Rede Globo (21) Rede Record (4) Reflexão (145) Rei Davi (1) Religião (71) Rio de Janeiro (43) Rituais (22) rockefeller (1) Rotschild (2) Ruy Castro (1) Sacrifício (16) Salvação (52) Samuel Ferreira (6) Santidade (44) Satanismo (43) Saúde (20) Sebastião Aragão (1) Semíramis (2) Set (3) Sexo (4) Silas Malafaia (52) Simbologias (14) Skinhead (1) Skull and Bones (2) Solidariedade (1) Stalin (1) Tecnologia (34) Televisão (1) Templo de Salomão (3) Teologia da Prosperidade (13) Terra plana (1) Thalles Roberto (1) Thomas Edison (1) Timóteo (1) Transgênicos (1) Trauma (6) Ufo (5) Universo Cristão (162) Usain Bolt (1) Vídeos (316) voyeurismo (3) WikiLeaks (3) Zumbi (2)