11 de fev de 2012

Teorias Humanistas, Cabala e Bíblia Satânica

Ao longo da história muitos acontecimentos têm sido passados de forma bastante obscura, versões reveladoras de cada fato trazidas à tona. As informações que chegam aos nossos livros de história e bibliotecas passaram a não ser mais a verdade em essência e o “buscar da realidade” tornou-se algo imprescindível para se compreender o futuro da humanidade.

A Bíblia nos revela que de acordo com cada evento que estamos vivenciando, estamos muito próximos do retorno de Cristo e por conta disso, Satanás tem agido apressadamente para destruir vidas e fazê-las perder a sua salvação. O que muitas vezes não se fica muito claro é que ele tem atuado nos bastidores de muitos movimentos sociais, industriais e científicos. Ele criou uma trama de ideologias e subversões que funcionaram bem para confundir a muitos que não conhecem a Palavra de Deus, afastando-os cada vez mais de seu Criador (Mateus 24:12, 24).

Entre os séculos XIV e XVI (período entre a baixa Idade Média e início da era Moderna) teve início uma série de transformações e avanços científicos na Europa, influenciando principalmente as bases culturais vigentes. Sistemas políticos se concretizavam e as bases do capitalismo suscitavam efetivamente nesta época. Através disso, surge o Humanismo, que é relativo ao Renascimento, colocando o homem como centro de todas as coisas no universo. Toda esta mudança foi um marco para a sociedade, pois seus efeitos são sentidos até os dias de hoje. O homem desde então, através das novas concepções, inseriu-se no contexto filosófico e social da humanidade, saindo da era medieval ou também conhecida como “trevas”. Assim, nós estudaremos como isso tudo foi arquitetado e regido por demônios, desde a consciência popular até os fundamentos religiosos da época.

Comecemos pela ciência. Os campos da matemática, física e medicina se reestruturavam e cresciam surpreendentemente. Nomes como Galileu, Gutenberg, Paracelso, dentre outros, estavam em evidência por causa de suas descobertas. Paralelo a isso, as atividades filosóficas começam a despontar neste novo cenário através de uma atividade intelectual renovada no interesse pelos autores da Antiguidade clássica: Aristótoles, Virgílio, Cícero e Horácio. Por este resgate da Idade Média, este período também é chamado de Classicismo.

A burguesia e a nobreza (minoria populacional que detinha alto poder aquisitivo) começam então a se fortalecer e ocupar espaços anteriormente só alcançados pelo poderio da igreja. É importante ressaltar que a instituição eclesiástica era a única que controlava até então todos os critérios e experimentos científicos, subordinando a massa aos interesses que eram mais financeiros do que religiosos.

Mas vamos abrir um “parêntese” relativo a alguns acontecimentos bastante curiosos com respeito à manipulação da igreja:

Gutenberg foi o inventor da imprensa. O primeiro a construir uma máquina para impressão de documentos em massa. A primeira tiragem foi de Bíblias por causa da imposição da Igreja Católica Apostólica Romana (ICAR). Naquela época a máquina era rústica, exigia muita força física, tinha manivelas pesadas para girar. Ele ficou um bom tempo imprimindo Bíblias pra poder continuar trabalhando. Somente desta maneira ele teve permissão da igreja para continuar com a sua descoberta e realizar outros serviços. Já o gênio Galileu foi condenado à prisão domiciliar por toda a vida, proibido de continuar suas pesquisas e quase foi morto por ser considerado subversivo. O estudioso havia descoberto através de seus cálculos e com seu telescópio que a Terra era redonda e provou cientificamente. Mas teve que voltar atrás para não sofrer ameaças de morte por parte dos líderes eclesiásticos da ICAR, os quais ensinavam que a mesma era plana. Quem se opusesse a isso seria “condenado por Deus” ao fogo infernal eterno ou como naquela época era comum: sofrer perseguição e tortura pela inquisição.

“Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar.”

Isaías 40:2

gutenberg maquina - Priscila e Maxwell Palheta Invento da máquina de impressão por Gutenberg

 

A tão conhecida Reforma de Matinho Lutero (1483-1546) - com suas 95 teses que se opunham aos dogmas da ICAR - ainda não havia ocorrido, vindo somente por volta de 1517. O teocentrismo (Deus como centro do universo) defendido pelos padres passou a ser bastante criticado. O homem buscava liberdade de expressão e pensamento e não somente isso, incentivava a rejeição dos fundamentos cristãos da época.

A sociedade vivia cansada de ser colocada sempre em segundo plano, sem qualquer favorecimento, passando continuamente por situações subjugadoras. A Bíblia era artigo praticamente inacessível. O sistema feudal estava ruindo, vários movimentos camponeses eclodiam na Europa e os questionamentos sobre o teocentrismo eram alimentados pela cultura que assumia forte posição crítica em relação às doutrinas da instituição religiosa. As atividades da igreja que eram condenáveis estavam vindo cada vez mais à tona: riquezas, poderio territorial e atitudes anticristãs condenáveis. As contradições revoltavam o povo que vivia uma situação miserável e em busca do tão sonhado reino divino, já que o evangelho que era pregado pelos líderes da religião não condizia com a vida que os mesmos tinham diante de Deus. Na realidade, a verdade da Palavra nunca fora pregada em sua essência. As missas eram celebradas em latim, sendo que a grande maioria dos que participavam dos cultos, eram camponeses que não sabiam nem sequer ler e escrever a própria língua, por não terem acesso aos estudos.

É dentro deste contexto que a literatura, a música, o teatro, as esculturas e as artes plásticas são influenciados pela idéia antropocêntrica. O italiano Francesco Petrarca (1304-1374) foi o primeiro a colocar o homem como agente principal e centro de toda ação no processo de mudanças sociais e destino. Teria a partir disso, um papel de destaque no contexto universal e histórico. Sua posição causou diversos impactos na igreja, pois influenciou outros filósofos da época e, por conseguinte a sociedade. Apesar de tudo, este pensador e outros mais, não renegavam o catolicismo e até se consideravam religiosos. Relatavam que só não aceitavam as doutrinas da ICAR como verdade plena.

“Petrarca, como fundador do Humanismo, é figura central no processo de revolução do pensamento europeu que culminou com o movimento conhecido como Iluminismo. Foi ele o primeiro humanista do Renascimento.”

petrarca - Priscila e Maxwell Palheta Petrarca

renascentismo leonardo da vinci - priscila e maxwell palheta

Obra de Leonardo da Vinci: O homem Renascentista.

Observe este trecho a respeito da “liberdade” a qual o Humanismo veio a trazer pra sociedade:

“Culturalmente, a melhoria técnica da imprensa propiciou uma divulgação mais ampla e rápida do livro, democratizando um pouco o acesso a ele. O homem desse período passa a se interessar mais pelo saber, convivendo com a palavra escrita. Adquire novas idéias e outras culturas como a greco-latina. Mas, sobretudo,o homem percebe-se capaz e importante agente. Acreditando-se dotado de "livre arbítrio", isto é, capacidade de decisão sobre a própria vida, não mais determinada por Deus. Afasta-se do teocentrismo, assumindo, lentamente, um comportamento baseado no antropocentrismo. Isto implica profundas transformações culturais. De uma postura religiosa e mística, o homem passa gradativamente a uma posição racionalista.

Uma situação insustentável era vivida pela massa? Não temos dúvidas. A igreja não revelava a Palavra de Deus e muitos viviam no engano, o que os tornava muito vulneráveis a idéias reacionárias. Este tipo de situação que veio a gerar todo este movimento pela “libertação” do pensamento humano lembra muito o que vivenciamos hoje: a iminência da instalação da Nova Ordem Mundial (NOM) como plano de Satanás, no preparo para o seu governo vindouro. Existe até uma teoria que explica que os planos demoníacos ao longo da história usam uma regra que segue os seguintes passos: criação do problema, divulgação dele e apresentação da solução do mesmo.

De fato existia um problema e uma possível “solução” foi idealizada: a Teoria Humanista. Ela serviu como base para muitos estudiosos de séculos posteriores, e o que venho expor é sua íntima relação com os escritos da Bíblia Satânica, escrita por Anton Szandor LaVey (1930-1997). Livro este, que foi baseado em outra obra diabólica chamada “Necronomicon”*, revelando algumas das intenções do grande inimigo de Deus. Interessante notar as semelhanças existentes com o Humanismo e também suas ligações com os acontecimentos sustentáveis da ICAR.

Bíblia Satânica (Wikipédia)

* Necronomicon foi um livro editado na Idade Média pelos sobreviventes do Holocausto dos Templários e nele se encontram os mais perversos rituais. Anton Lavey se baseou nele para escrever a Bíblia Satânica, mais próximo ao fim de sua vida.

Vamos a algumas comparações:

Humanismo:

* Na perspectiva dos teóricos Humanistas o ser humano independentemente das circunstâncias que o envolve,possui a capacidade inata de assumir o controle da sua vida. Promove o seu próprio desenvolvimento por meio das capacidades exclusivamente humanas de escolha, criatividade e auto-realização.
* O “Tornar-se pessoa” trás a chave do processo de aprendizagem. É um processo pessoal, de caráter vivencialno centro da qual está a pessoa enquanto ser que pensa, sente e vive. Não exclui os aspectos emocionais antes pelo contrário considera-os determinantes sobre o que se retém e o que se aprende de tal forma que o desenvolvimento social e emocional do educando é tão importante como o desenvolvimento intelectual.
* Maslow (1908-1970) outro grande teórico defensor da perspectiva Humanista desenvolveu a teoria da motivação centrada no conceito da auto-realização. Segundo o mesmo este conceito transmite o“desenvolvimento máximo dos potenciais de cada ser humano. Cada pessoa atinge a auto-realização na medida em que procura atualizar os seus potenciais.” (Sobreira et al, 2004:16).

    Bíblia Satânica:

Aspectos semelhantes ao Humanismo:

* NNN. Diga para o seu próprio coração “Eu sou meu próprio Salvador”.
* DDD. A obrigação de toda nova era é criar novos homens para determinar sua própria liberdade, para utilizá-la para conseguir obter o sucesso material – para quebrar os cadeados e correntes enferrujados de costumes mortos que sempre previnem o aumento das riquezas. Teorias e idéias que podem ter significado vida e esperança e liberdade para os nossos antepassados podem agora significar destruição, escravidão e desonra a nós!
* JJ. Satan representa todos os assim chamados pecados, pois eles levam a uma gratificação física, mental e emocional!
*  “O Satanista sabe que o homem e as ações e reações do universo é que são responsáveis por tudo o que acontece, e não perde tempo imaginando que alguém se importa. O Satanista não fica parado e aceita o “destino” sem fazer nada a respeito porque está escrito em algum lugar que é assim que tem que ser” (pág. 22).
* “Sabendo que tudo o que vai conseguir vai ser resultado do seu próprio trabalho, o satanista toma controle da situação ao invés de rezar para que Deus faça algo acontecer. Pensamento positivo e ações positivas é que geram resultados reais” (pág. 23).

    Aspectos em relação à religião:

* KK. Satan tem sido o melhor amigo que a igreja já teve, pois ele sustentou seus negócios durante todos esses anos! Como é triste o quanto um personagem alegórico pode ser responsável pelo sucesso de religiões espirituais – e por esses que a maioria e ora as regras de jogo justo, que nunca a praticam!
* NN. Pois eu me ergo para desafiar a sabedoria do mundo; para interrogar as “leis” do homem e de “Deus”!
* BBB. Nenhum princípio deve ser aceito por causa de sua natureza “divina”. Religiões devem ser questionadas. Nenhum dogma moral deve ser dado como certo – nem um sistema de medidas endeusado. Não existe nada secreto em códigos morais. Como os ídolos de tempos passados, eles são também o trabalho de mãos humanas, e o que o homem fez ele pode destruir!
* “O HOMEM, E NÃO DEUS, QUE ESTABELECEU TODAS AS RELIGIÕES ESPIRITUAIS E QUEM ESCREVEU TODAS AS BÍBLIAS SAGRADAS” (pág. 21).
*  “Não faria muito mais senso então essa pessoa adorar a um deus criado por ela mesma, um deus que represente a criatura real e carnal que teve a idéia/poder para inventar um deus em primeiro lugar?” (pág. 25).
* “Os sete pecados capitais da Igreja Cristã são: cobiça, orgulho, inveja, ira, gula, luxúria, e preguiça. Satanismo defende a indulgência de cada um destes "pecados" pois eles podem ser o caminho para a satisfação física, mental, ou emocional” (pág 27).
* “Padres e ministros estão na linha de frente das demonstrações de paz e mentindo nas estradas de ferro, na frente de trens carregando material de guerra, com tanta dedicação quanto os seus irmãos do clero, dos mesmos seminários, que estão abençoando as balas e bombas e combatentes nas capelas das forças armadas.” (pág. 29).
* "Mas por que chama-lo Satanismo? Por que não chamá-lo de algo tipo Humanismo ou um nome que poderia ter a conotação de um grupo de feitiçaria, algo um pouco mais esotérico – algo menos barulhento? “Há mais de uma razão para isto. Humanismo não é religião. E simplesmente um modo de vida com nenhuma cerimônia ou dogma. Satanismo tem ambos, dogma e cerimônia. Dogma, como foi explicado, é necessário.” (pág. 30).
* “A base do Satanismo sempre existiu. A única coisa nova é a organização formal de uma religião baseada nas peculiaridades universais do homem.” (pág. 32).

    Trechos da Bíblia Satânica de LaVey, 1999.

    A partir disso, podemos perceber que “ser” poderia estar por trás das cortinas desta grande e trágica peça teatral todo o tempo com suas idéias sempre conflitantes e degradantes afrontando a Palavra de Deus. As expressões e palavras mudam um pouco, mas o pensamento como podemos notar, continua a ser o mesmo.

Comunismo

Vamos a outro fato interessante, as “coincidências” não param por aqui. Karl Marx escreveu e defendeu propósitos de igualdade social para o mundo. Seria interessante notar que o Comunismo tem idéias bem parecidas com relação à proposta da NOM. E alguns estudiosos há um tempo atrás pesquisaram e perceberam a relação de Marx com o Satanismo. Um pastor chamado Wurmbrand que foi preso na Romênia disse que:

“O comunismo é, em essência satanismo habilitado. Os cristãos não eram apenas brutalmente perseguidos e assassinados. O objetivo do comunismo é zombar de Deus e louvar a Lúcifer. Um jornal comunista “confessou”, “lutamos contra Deus: para arrebatar os crentes dele.”

Em "Ideologia Alemã", Marx disse: "estamos preocupados com uma questão muito interessante: a decomposição do espírito absoluto.”

Segundo Wurmbrand:

”A Revolução Russa foi um tempo quando o sentimento "amor, boa vontade e saudável”, foram considerados médios e retrógrados. A menina escondeu a sua inocência, e o marido sua fidelidade. A destruição foi elogiada como bom gosto, a neurastenia como o sinal de uma mente do bem. Este foi o tema de novos escritores que estourou na cena da obscuridade. Os homens inventaram os vícios e perversões, e foram exigentes na sua evasão de serem considerados "morais.”

Os Satanistas retratam sua rebelião contra Deus e a natureza como um "progresso da liberdade”. Esta permissividade se refere apenas para derrubar a ordem divina e natural. No início do sétimo grau do Satanismo, o adepto jura: "Nada é verdadeiro e tudo é permitido”. No Manifesto Comunista, Marx disse que “toda a religião e moral será abolida e tudo permitido."

Em seu poema "Human Pride", Marx escreve que ele "fica passeando com Deus e vê as vitoriosas ruínas do mundo... sentido-se igual ao Criador." (Trechos do estudo do Blog " A Mídia Illuminati")

Há quem diga que Marx foi um Satanista e sociopata. Isso talvez explique o porquê de até hoje das 100 obras de Marx, apenas 13 delas estarem sendo publicadas, ou seja, camuflar o caráter verdadeiro do comunismo. Assim, escravizariam a população com um sistema único e utópico para esconder e descaracterizar as verdadeiras vontades de Deus pra nossa humanidade.

 

karl_marx - priscila e maxwell palheta Karl Marx

Estão lutando desde os primórdios da humanidade para estereotipar Deus como um ser inacessível, misterioso ou mesmo inexistente. Estariam tentando disfarçar esta religião ocidental moderna - o Humanismo Secular - que nada mais é do que a adoração a Lúcifer do Iluminismo? Os objetivos do Iluminismo nada mais são do que romper os laços da humanidade com os propósitos divinos, consagrando o anti-Cristo nesta Nova Era ocultista. O objetivo da globalização que vem ocorrendo no mundo eram os mesmos do Comunismo.

Inclusive vale lembrar que um dos tipos de Humanismo que existem é o Marxista. Veja:

“O humanismo marxista é uma linha interpretativa de textos de Marx, geralmente oposta ao materialismo dialético de Engels e de outras linhas de interpretação que entendem o marxismo como ciência da economia e da história. É baseado nos manuscritos da juventude de Marx, onde ele critica o idealismo Hegeliano que coloca o ser humano como um ser espiritual, uma autoconsciência. Para Marx o ser humano é antes de tudo um ser natural, assim como já havia dito Feuerbach, mas, diferentemente deste, Marx considera que o ser humano, diferente de todos os outros seres naturais, possui uma característica que lhe é particular, a consciência, que se manifesta como saber. Como nos diz Salvatore Puledda a respeito disso em seu livro "Interpretaciones del Humanismo”, "Através de sua atividade consciente o ser humano se objetiva no mundo natural, aproximando-o sempre mais de si, fazendo-o cada vez mais parecido com ele: o que antes era simples natureza, agora se transforma em um produto humano. Por tanto, se o homem é um ser natural, a natureza é, por sua vez, natureza humanizada, ou seja, transformada conscientemente pelo homem.”

A visão do todo precisa ser compreendida neste estudo, o Humanismo também tinha relações estreitas com a magia negra judaica, conhecida também como Cabala. Isso reforça ainda mais as suspeitas a respeito das bases demoníacas desta ideologia da época e nos faz pensar o quão difusas se tornam estas questões e caminhos de pensamento. Todos fazendo nos deparar, obviamente, com o engano de Satanás.

Cabala

A Cabala é altamente envolta em mistérios e segredos. Segundo Aleister Crowley, um dos maiores ocultistas de todos os tempos, ela foi o caminho usado para poder acessar as mais diversas zonas do Inferno, para poder se comunicar com o próprio Satanás. Foram dela que se originaram muitos símbolos como, por exemplo, o selo de Salomão (a falsa Estrela de Davi), o hexa unicursal, o penta e o hexagrama.  Influencia até hoje desde grupos como as Wiccas em seus rituais, até cientistas de diversas áreas em seus exercícios mentais.

Aleister Crowley (Wikipédia)

Durante os anos que seguiram antes da era atômica, muitos cientistas encontraram na Cabala respostas para suas pesquisas, alguns deles foram Fulcanelli (um grande alquimista) e Albert Einstein. Os modelos atômicos foram comparados a modelos cabalísticos. E assim como um alquimista usava a Cabala para modificar seus elementos, os físicos se utilizaram da Cabala para alterar os microcosmos (átomos).

Fulcanelli (Wikipédia)

E, Segundo Aleister Crowley : “A ciência também é uma forma de magia”. Muitos cientistas renomados se utilizaram e ainda usam a Cabala, assim como alquimistas já faziam.

Árvore da Vida

Um dos principais conceitos Cabalísticos é a árvore da vida. Ela é formada pelas 10 emanações de Ain Soph, chamadas Sephiroth. A essência de todas as Sephiroth é a mesma, mas cada uma possui uma propriedade particular. A essência é universal, o que muda é a emanação de cada Sephirah. Segundo a Cabala, a síntese da árvore da vida é Adam Kadmon, o Homem Arquetípico.

E uma obra da época do Humanismo que sofreu especulações em torno dela quanto à simetria que tinha com relação à árvore da vida, foi a de Leonardo da Vinci. Ela se chamava “Homem Renascentista”. Isso se deve ao fato das posições dos membros serem as mesmas às quais apontam os caminhos da árvore da vida. Só não podemos esquecer que a morfologia dela, é semelhante à forma humana logo, a mesma pode ser usada em qualquer figura humana. O que nos leva a supor que o Homem Renascentista seria uma representação cabalística do homem.

Árvore da Vida (Wikipédia)

Homem Vitruviano resnascentista 10 sephiroth - priscila e maxwell palheta Homem Renascentista e as 10 Sephiroth

cabala - priscila e maxwell palheta

cabala sephiroth - priscila e maxwell palheta

 

Concluímos este estudo até aqui trazendo mais uma reflexão do que vem acontecendo na humanidade e o preparo para o governo do anti-Cristo que muitas pessoas não se atentam. Os vídeos abaixo são a respeito do testemunho de um ex-satanista, chamado Roger Morneau, que veio a reconhecer Jesus como único Senhor e salvador. Morneau teve experiências e recordações da infância e da guerra que o haviam levado para longe de Deus de tal maneira que ele passou a odiá-lO. Depois de sua missão, foi levado, através de um amigo, a participar da adoração a demônios. Ele narra sua própria vida e como o socorro divino o livrou do terrível mundo do ocultismo. O que queremos expor na verdade é de acordo com sua entrevista, ele relata alguns fatos curiosos a respeito dos planos de Satanás para as revoluções que aconteciam no mundo e como ele foi trabalhando para que as pessoas fossem destruídas pelo engano.

Dois pontos essenciais do testemunho trazem as seguintes informações:

1. O grande Conselho Geral de Satanás de 1700: No início deste século, o grande sumo sacerdote da seita que Roger participava, disse: “Satanás e todos os seus espíritos conselheiros, realizaram este grande Conselho com um objetivo em mente: se preparar para a grande era industrial que logo iria arrebentar sobre o mundo. E Lúcifer também “previu” uma outra era que estava a seguir, onde tremendas descobertas científicas seriam feitas pelas pessoas. Nós entraríamos em uma era única que iria mudar a maneira que todos vivem. Também serviria para introduzir o fim dos tempos. O fim do “grande conflito” entre as forças do bem e do mal.”

2. O sacerdote também acrescentou à Morneau: “Lúcifer vinha estudando a Bíblia e encontrou em Daniel 12:4, que informa sobre o tempo do fim. E ele entendeu que estávamos chegando a este ponto. Assim, juntamente com todos os espíritos conselheiros, precisariam mudar os modos de operação a fim de iludir as pessoas e encontrar uma maneira em que as pessoas iriam se incapacitar de serem membros do reino de Cristo. No momento que o Conselho chegou ao fim, eles adotaram 3 principais políticas que iriam ser seguidas:

Primeiro: eles deveriam fazer com que os seres humanos fossem levados a acreditar que Satanás e seus anjos realmente não existem.

Segundo: encontrar uma maneira de ser capaz de obter o controle total da mente das pessoas (hipnotismo fora do reino ocultista, apresentado-o como uma nova ciência para o “benefício” da humanidade). Isso contribuiria para descristianização do mundo ocidental através da avenida do misticismo.

Terceiro ponto: destruir a Bíblia sem queimá-la. Isso se deu após o Conselho quando foi decidido que Satanás ensinaria pessoalmente Charles Darwin na criação dos princípios de suas teorias da evolução. E naquele tempo foi entendido que se uma pessoa fosse levada a acreditar na Teoria da Evolução destruiria completamente em sua vida a semana da criação revelada pela Bíblia, a queda do homem e o plano da Redenção de Jesus. Fez então uma declaração única: que de acordo com os espíritos, qualquer um que ensina a Teoria é considerado como um ministro de um grande sistema religioso (referindo-se a Teoria da Evolução). Porque é um sistema de escolarização das pessoas, levando-os a se desqualificarem em ser membros do reino de Cristo. Todo educador/professor da mesma, seria reconhecido como uma pessoa de grande valor e receberia uma unção especial do próprio Satanás.”

"E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará."

Daniel 12:4

Vídeos de Roger Morneau, da série de 10 partes:

http://www.youtube.com/watch?v=ZJK3rm8GmAE

http://www.youtube.com/watch?v=rGa3G1SkeGg&feature=related

Alguns versículos para nossa meditação na Palavra:

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios."

I Timóteo 4:1

“Faze-me ouvir a tua benignidade pela manhã, pois em ti confio; faze-me saber o caminho que devo seguir, porque a ti levanto a minha alma.”

Salmos 143:8

"Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo."

Colossenses: 2:8

“Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

João 8:31,32

"Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que está encoberto, nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus."

II Coríntios 4:3:4

Nos últimos tempos têm se intensificado o ataque contra a Verdade, a poderosa Palavra de Deus. Satanás sabe que já estamos nos últimos instantes e, junto com os seus seguidores, tem utilizado todos os tipos de artifícios malignos para persuadir e afastar as pessoas do amor e da presença de Deus!

Que Deus nos abençôe e proteja de toda cegueira espiritual, ampliando nosso entendimento e sabedoria neste fim dos tempos, a fim de encaminhar muitas almas para a libertação e assim, vida eterna nos céus!

Agradecimentos em especial aos irmãos René Menezes e Everton Lima.

Anexos:

Tipos de humanismo, além do já exposto Marxista:

Humanistas famosos são entre outros Gianozzo Manetti, Marsílio Ficino, Erasmo de Roterdão, Carlos Bernardo González Pecotche,Francesco Petrarca, François Rabelais, Pico de La Mirandola, Thomas Morus, Andrea Alciati, Auguste Comte.

Os humanistas seculares, como o nome indica, são mais racionalistas e empiristas e menos espirituais; são geralmente associados a cientistas e acadêmicos, embora a filosofia não se limite a esses grupos. Têm preocupação com a ética e afirmam a dignidade do ser humano, recusando explicações transcendentais e preferindo o racionalismo. São ateus ou agnósticos. Cerca de 54% dos Universalistas Unitários baseiam suas crenças no humanismo.

Os humanistas religiosos acham que o humanismo secular é friamente lógico demais e são mais espirituais, alguns chegando a ser deístas. São ocasionalmente associados a artistas e cristãos liberais.

O humanismo renascentista propõe o antropocentrismo. O antropocentrismo era a idéia de "o homem ser o centro do pensamento filosófico", ao contrário do teocentrismo, a idéia de "Deus no centro do pensamento filosófico". O antropocentrismo surgiu a partir do renascimento cultural.

O humanismo positivista comtiano afirma o ser humano e rejeita a teologia e a metafísica. A forma mais profunda e coerente do humanismo comtiano é sua vertente religiosa, ou seja, a Religião da Humanidade, que propõe a substituição moral, filosófica, política e epistemológica das entidades supranaturais (os "deuses" ou as "entidades" abstratas da metafísica) pela concepção de "Humanidade". Além disso, afirma a historicidade do ser humano e a necessidade de uma percepção totalizante do homem, ou seja, que o perceba como afetivo, racional e prático ao mesmo tempo.

O humanismo logosófico propõe ao ser humano a realização de um processo de evolução que o leve a superar suas qualidades até alcançar a excelência de sua condição humana. González Pecotche afirmava que o humanismo logosófico "parte do próprio ser sensível e pensante, que busca consumar dentro de si o processo evolutivo que toda a humanidade deve seguir. Sua realização nesse sentido haverá, depois, de fazer dele um exemplo real daquilo que cada integrante da grande família humana pode alcançar.”



Marcadores

1984 (2) A Fazenda (1) Abner Ferreira (2) Aborto (5) Adoração (1) Agenor Duque (1) Albert Pike (10) Aldous Huxley (1) Aleister Crowley (8) Alex Jones (3) Alimentação (5) Amor (61) Anti-Cristo (28) Anton LaVey (11) Aplicativo (1) Apocalipse (52) Apostasia (81) Apóstolo Paulo (4) Apple (1) Aquino (2) Arquitetura (1) Arrebatamento (2) Atalaia (4) Atentado Paris (1) Autoridade (7) Avicci (1) Aylan Kurdi (1) Ayrton Senna (1) Bancada Evangélica (14) Baphomet (7) Barack Obama (12) Batalha Espiritual (16) Bíblia (3) Bíblia Satânica (8) Big Brother (23) Bispo Dozane (3) Bispo Macedo (12) Bispo Robson Rodovalho (2) Blogueiros (34) Brasília (2) Bruxaria (3) Cabala (6) Caim (2) Caio Fábio (1) Carnalidade (72) Carnaval (3) Catolicismo (9) Cenas fortes (1) Cezar Scholze (1) CIA (4) Clube Bilderberg (10) Codex Alimentarius (1) Comunismo (1) Conspiração (51) Controle mental (50) Copa do Mundo (1) Copa do Mundo 2014 (2) Corrupção (83) Crianças (2) Crise na Europa (8) Crítica (12) Cruz (1) Culto ao vivo (5) Cura (3) Daniel Batista (1) Daniel Estulin (6) Daniel Messac (1) Danilo Fernandes (1) Demas (1) Dep. João Campos (1) Depressão (4) Desafio (2) Desenho (2) Deuses (13) Dia dos Namorados (1) Dia dos Pais (1) Dinheiro (38) Dízimo (10) dr. Pedroza (1) Drogas (12) Economia (15) Edir Macedo (30) Eduardo Paes (1) Educação (8) Egito (4) Elite global (35) Emocional (2) Enoque Lima (4) Entretenimento (39) Entrevista (4) Escrever (1) Espiritismo (10) Espírito Santo (4) Estêvão (2) Estudo (106) Estupro (2) Evangelho (2) exposição (1) Fabio Pires (1) Facebook (3) Família (23) Faraó (7) Farsa Aquecimento Global (2) (40) Feliz Ano Novo (2) FIFA (2) Filemom (2) Futebol (1) G.A.D.U (25) Gabriel Medina (1) Gay (2) Genizah (1) George Bush (1) George Orwell (1) Gnosticismo (3) Gospel (17) Gospel Mais (3) Graça (15) HAARP (4) Halloween (1) Hangout (87) Hipnose (2) História (11) Hitler (1) Homossexualismo (40) Hórus (4) HSBC (1) Humanismo (12) Idolatria (25) Igreja (34) Igreja Em Ação (1) Igreja Universal (25) Illuminati (15) Índios (1) Influência (46) Internet (27) Iphone (1) Irmãos (48) Isadora Faber (1) Islã (1) Israel (2) Jaime Santana (29) JAMI (2) Jesus (84) (1) Jogo da Velha (1) Jogos (1) Jornal Estadão (1) Julian Assange (3) Julio Severo (3) Juventude (9) Kuddle (1) Legalismo (2) Louvor (5) Lúcifer (29) Maçonaria (165) MAFIA (3) Magia (11) Magno Malta (4) Manipulação (94) Manoel Ferreira (5) Marcha para Jesus (12) Marco Feliciano (20) Marcos Pereira (4) Marília Camargo César (1) Marisa Lobo (3) Matança (1) Matemática (2) Matrix (4) Maxwell Palheta (178) Mazzini (3) Ménage à trois (1) Mensagem (160) Mensagem Subliminar (12) Microchip (1) Mídia (92) Mike Murdoch (1) Mitologia Grega (2) MK Ultra (7) Moisés (2) MomentCam (1) Monsanto (1) Mortos (7) Moyses Macedo (1) Muçulmanos (5) Múmia (1) Música Secular (9) Músicas (6) NASA (2) Necronomicon (2) Neemias Gomes (1) Nova Era (9) Nova Ordem Mundial (73) O Rappa (1) Ocultismo (50) Olho de Hórus (8) Olimpíadas Londres 2012 (3) Opinião (284) Paganismo (16) Palestra (7) Papa (4) papa francisco (1) Paris (2) Pastor (5) Patricia Piccinini (1) Paul Walker (2) Paul Washer (3) Paulo Curi (2) PC do B (5) Pecado (59) Pedofilia (1) Perdão (21) Pirâmides (4) Pnl (1) Poema (4) Política (161) Pornografia (1) Portugal (2) Praga (1) PRB (1) Pré Pós Tribulação (3) Proclamação da República (1) Programação Monarca (3) PSB (5) PSC (9) PSDB (13) Psicologia (3) PT (17) Rachel Sheherazade (1) Rafinha Bastos (1) Raquel Elana (2) Rebeldia (19) Rede Globo (21) Rede Record (4) Reflexão (145) Rei Davi (1) Religião (71) Rio de Janeiro (43) Rituais (22) rockefeller (1) Rotschild (2) Ruy Castro (1) Sacrifício (16) Salvação (52) Samuel Ferreira (6) Santidade (44) Satanismo (43) Saúde (20) Sebastião Aragão (1) Semíramis (2) Set (3) Sexo (4) Silas Malafaia (52) Simbologias (14) Skinhead (1) Skull and Bones (2) Solidariedade (1) Stalin (1) Tecnologia (34) Televisão (1) Templo de Salomão (3) Teologia da Prosperidade (13) Terra plana (1) Thalles Roberto (1) Thomas Edison (1) Timóteo (1) Transgênicos (1) Trauma (6) Ufo (5) Universo Cristão (162) Usain Bolt (1) Vídeos (316) voyeurismo (3) WikiLeaks (3) Zumbi (2)