7 de fev de 2012

O Poder do Louvor x Satanás (Parte 2)

Vimos através da matéria anterior "O Poder do Louvor x Satanás (Parte 1) que Deus revelou na Bíblia a história de sua criação para pudéssemos entender o quanto o Diabo peleja contra nossas vidas. Lúcifer foi um anjo dotado de muita sabedoria e formosura. Chegou ao auge da honra, confiança e proximidade de Deus. A partir daí a soberba, inveja e vaidade que brotaram em seu coração, além da vontade de ter um trono acima do Senhor, precederam sua queda e expulsão dos céus.

Surgia então Satanás, o grande inimigo de Deus. Desde então, o maior destruidor da criação dEle. Sua fúria contra o homem consiste principalmente no objetivo de roubar sua salvação e levá-lo para o inferno com ele. Um processo que é atingido enfraquecendo várias áreas da vida do ser humano e uma delas sem dúvidas é impedir a verdadeira adoração.

O louvor é a mais absoluta expressão de amor ao Criador. A extrema consagração da alma perante Sua grandeza e soberania é adorá-lO com profundidade e sinceridade de coração, pois Ele se alimenta de nossa exaltação e entrega. Satanás tem verdadeira revolta com relação àqueles que O “adoram em espírito e verdade” (João 4:23,24).

É absolutamente compressível diante de tudo o que estudamos anteriormente, que desde o princípio a música envolve a dimensão espiritual e assim permanece até hoje. Ela é categoricamente algo inspirado para o bem ou para o mal. Não há meio termo neste mundo. Ao meditarmos na Palavra de Deus vemos que fica claro o fato de não se poder servir a dois deuses ao mesmo tempo. Se agradarmos a um, degradamos ao outro (Mateus 6:24). Quando a canção é composta por alguém preenchido pelo Espírito Santo ela nos trás muitas bênçãos como a paz, o amor, a alegria e o conforto diretamente de Jesus (Romanos 8:14). Não fica difícil entender o que provém de alguém que ainda não nasceu em Cristo e vive conforme as vontades de sua própria carne (Mateus 7:17-20). Além de não edificar, é algo contaminado e maléfico aos que buscam ao Senhor com coração purificado.

Efeito do som

Para entendermos melhor, vamos lembrar que o universo e sua composição são essencialmente formados de matéria vibrante em diferentes freqüências. Em sua essência é formado por som, o qual é grandemente usado como uma ferramenta terapêutica e pode alterar o estado mental e físico dos seres humanos. A sonorização ativa quase que todas as regiões do cérebro. Isso é alcançado através de um neurotransmissor chamado dopamina. Esta substância é responsável pelas sensações de bem-estar. Quando escutamos quaisquer sons, esta molécula faz com que o sistema límbico - através de uma vasta rede de neurônios - sofra modulações causando uma variedade de experiências, podendo ser prazerosas ou não. Com as mudanças nos níveis de elementos químicos, nosso cérebro torna-se vulnerável à ativação de localidades que podem gerar desde bons sentimentos até ataques psicológicos agressivos.

Tanto a música quanto sua letra são, portanto, verdadeiras potencialidades pois são executadas por seres humanos. E quando cantadas, as informações que estavam registradas num CD ou outro compartimento, adquirem poder efetivo em nossos pensamentos. O som satanicamente inspirado produz efeitos como: compulsões pelo sexo, vícios, violência, e até suicido. Existem inúmeros casos de relatos com relação às atrocidades cometidas por pessoas que tem a mente dominada pelos demônios ao ouvirem músicas de bandas declaradamente adoradoras de Lúcifer. Precisamos perceber que tudo é espiritual - porção matéria unificada à parte espiritual - já que Deus é um espírito (originalmente santo) e todas as coisas surgiram de suas mãos.

Toda esta bioquímica do ser humano foi criada por Deus e é bem conhecida por Satanás. Atuando através dos sons ele poderia desencadear uma gama de sentimentos e reações. Fica explícita a maneira que ele vem atuando através dos séculos nas vidas das pessoas. Nosso mundo basicamente é movido a canções e aos elementos que vivem em torno dela.

Quando nos separamos do mundo (santificação - Hebreus 4:12) e nos dedicamos somente ao Altíssimo, o inimigo usa de inúmeras estratégias aparentemente benéficas para nos afastar dEle. Satanás sabe que através do louvor conseguimos a quebra de muitas barreiras. Até nosso dia a dia muda para melhor, o que é perceptível através dos diversos relacionamentos (familiar, conjugal, profissional, etc.). A autoridade, poder e virtudes que vão sendo conferidas a nós por intermédio do Espírito Santo também é outro traço marcante. A ministração da adoração é capaz de mediar cura física e interior, romper verdadeiras cadeias espirituais libertando cativos do pecado e vencer obstáculos gigantescos em nossa vida.

“Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça daí.” Mateus 10:8

“E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.” Marcos 16:17

“Deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, para curarem enfermidades. E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos.” Lucas 9:1

Antes de Lúcifer rebelar-se, a Palavra de Deus nos diz que ele ficava no Monte e isso significa algumas coisas, dentre elas conhecer os benefícios de ter a vida no topo do plano divino. Desde que foi expulso dos céus ele luta para que jamais alcancemos esta posição. Alimenta através de tudo que nos é veiculado através da indústria do entretenimento, sentimentos como a vaidade, orgulho e frieza da natureza humana. Assim, ele consegue nos deixar fracos para justamente não louvar ao santo nome do Senhor. Ele não quer jamais que nos humilhemos aos pés do Altíssimo que a propósito é a mais alta posição que um homem pode alcançar, pois os “humilhados serão sempre exaltados” (Lucas 14:11, Tiago 4:10, I Pedro 5:6).

É neste momento que mais temos que lutar contra nossas concupiscências carnais (Gálatas 5: 16-26). Pois é no sacrifício de louvor que Deus trabalha sua obra poderosamente.

O sacrifício de louvor

O sacrifício de louvor é aquele dedicado a Deus não somente com a nossa verdade e amor, mas quando estamos diante de grandes batalhas espirituais. Ele acontece no momento que estamos vivenciando as mais difíceis tribulações humanas e representando a dependência total da proteção e confiança em nEle.

“Ofereçamos sempre a Deus sacrifício de louvor, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.” Hebreus 13:15

Este tipo de louvor é ministrado quando estamos “com coração triste” e sem “sentir vontade de coisa alguma” nem sequer de abrir nossos lábios. Mesmo assim, não cessamos nossa adoração perante as adversidades, independente da situação que vivemos (Filipenses 4:11-13). A verdadeira adoração é eterna. Contudo, demonstra nosso ato de fé e alegra muito o coração do Senhor. No sacrifício, o nosso ego deve morrer, deve estar na sepultura, crucificado com Cristo. Este tipo de louvor custa um preço, pois é proferido quando tudo parece não ir bem. Adorar a Deus estando diante das bênçãos é mais fácil, pois tudo é favorável, mas quando estamos em lutas e dificuldades o murmurar é algo mais comum.

A murmuração é uma linguagem do povo sem Deus e atraem espíritos malignos. É a linguagem do homem natural, carnal. O louvor é a linguagem do povo de Deus e trás à existência Suas bênçãos. O sacrifício de louvor é parte do homem espiritual, pois nas lutas da vida ele não reclama, não fica ansioso ou desanimado, mas exalta seu Criador. Este é o louvor de uma fé inabalável. Não andamos por vista e sim por fé (II Coríntios 4:18, II Coríntios 5:7).

É uma das principais ferramentas que temos para derrotar o mal que está impedindo alcançarmos a realização de um sonho! Quem sacrifica sente dor porque quer fazer mais do que naturalmente conseguiria, descobre talentos dentro de si que estavam ocultos, se empenha para agradar a Deus com a sua vida, faz de tudo para que Ele aspire ao suave aroma da sua oferta, porque crê que Cristo vai ser glorificado em sua vida, providenciando algo muito maior do que o que foi oferecido! E a Palavra explica que o que for “ligado aqui na Terra também terá sido ligado nos céus” (Mateus 16:19).

O plano do Diabo é sucumbir a vida de um ser humano no abismo. Ele faz isso humilhando, envergonhando, promovendo situações para a decepção do ser humano com relação a outros, fazendo sentir dor, tristeza, fracasso. Ao agir assim, a reação inicial do homem é esquecer as promessas de Deus e lutar mediante os próprios esforços, principalmente quando ele não enxerga através dos olhos espirituais a guerra espiritual que se trava diante dele. E o louvor de sacrifício é justamente isso, renúncia diante de qualquer experiência humana, abandono das próprias vontades e reações carnais para que se possa experimentar as grandezas de Deus.

O que o sacrifício de louvor é capaz de fazer?

Pelo louvor vencemos os obstáculos da vida. Não nos esqueçamos de que ao encontrar o deserto da provação, a única coisa que devemos fazer é orar, cantar louvores e adorar ao Senhor (Salmos 34:19,  Jó 16:33).

O sacrifício de louvor abre portas que estão fechadas, vidas amarradas são libertas. É resistindo ao Diabo pelo sacrifício de louvor que ele foge de nós! (Tiago 4:7).

Jó ofereceu sacrifício de louvor a Deus:

“Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou. E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do Senhor. Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” Jó 1:19-22.

Paulo e Silas entenderam o que é sacrifício de louvor e num momento difícil de suas vidas, eles não murmuraram, não ficaram abatidos e nem se sentiram derrotados; eles tinham a certeza da vitória em Cristo através do louvor e da oração.

“E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.” Atos 16:25-26. Houve um sacrifício de louvor da parte de Paulo e Silas. Se eles tivessem entrado em desespero na prisão, murmurado contra Deus e não tivessem descansado nEle, não teriam obtido a vitória e livramento que tiveram; eles não teriam atingido este sucesso impactante.

O Juiz Gideão (Livro de Juízes), por inspiração divina, obedeceu à ordem de Deus e instruiu seus 300 homens para que em uníssono, tocassem as trombetas, gritassem e quebrassem vasos, imitando um som de explosão. Isso causou nos inimigos midianistas, hipnose e torpor. Ficaram paralisados, alguns fugiram apavorados, outros morreram de ataque cardíaco. Eles pensaram pelos sons, que havia milhares de hebreus contra eles.

“Então dividiu os trezentos homens em três companhias; e deu-lhes a cada um, nas suas mãos, buzinas, e cântaros vazios, com tochas neles acesas. E disse-lhes: Olhai para mim, e fazei como eu fizer; e eis que, chegando eu à extremidade do arraial, será que, como eu fizer, assim fareis vós. Tocando eu a buzina, eu e todos os que comigo estiverem, então também vós tocareis a buzina ao redor de todo o arraial, e direis: Espada do Senhor, e de Gideão. Chegou, pois, Gideão, e os cem homens que com ele iam, ao extremo do arraial, ao princípio da vigília da meia noite, havendo sido de pouco trocadas as guardas; então tocaram as buzinas, e quebraram os cântaros, que tinham nas mãos. Assim tocaram as três companhias as buzinas, e quebraram os cântaros; e tinham nas suas mãos esquerdas as tochas acesas, e nas suas mãos direitas as buzinas, para tocarem, e clamaram: Espada do Senhor, e de Gideão. E conservou-se cada um no seu lugar ao redor do arraial; então todo o exército pôs-se a correr e, gritando, fugiu. Tocando, pois, os trezentos as buzinas, o Senhor tornou a espada de um contra o outro, e isto em todo o arraial, que fugiu para Zererá, até Bete-Sita, até aos limites de Abel-Meolá, acima de Tabate.” Juízes 7.16-22.

Deus também ouviu seu clamor e agiu poderosamente em favor de Josué:. “E os sete sacerdotes, que levavam as sete buzinas de chifres de carneiros, adiante da arca do Senhor, iam andando, e tocavam as buzinas, e os homens armados iam adiante deles e a retaguarda seguia atrás da arca do Senhor; os sacerdotes iam andando e tocando as buzinas.

E sucedeu que, tocando os sacerdotes pela sétima vez as buzinas, disse Josué ao povo: Gritai, porque o Senhor vos tem dado a cidade… Gritou, pois, o povo, tocando os sacerdotes as buzinas; e sucedeu que, ouvindo o povo o sonido da buzina, gritou o povo com grande brado; e o muro caiu abaixo, e o povo subiu à cidade, cada um em frente de si, e tomaram a cidade.” Josué 6.8-20.

O sacrifício de louvor é a fé em ação, através dele o Senhor quebra os grilhões infernais, despedaça todo jugo e nos trás libertação. Glórias a Deus!

"A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração." Colossenses 3:16.

A paz do Senhor Jesus!

paulo e silas - priscila e maxwell

Paulo e Silas louvando: Terremoto na prisão



Marcadores

1984 (2) A Fazenda (1) Abner Ferreira (2) Aborto (5) Adoração (1) Agenor Duque (1) Albert Pike (10) Aldous Huxley (1) Aleister Crowley (8) Alex Jones (3) Alimentação (5) Amor (61) Anti-Cristo (28) Anton LaVey (11) Aplicativo (1) Apocalipse (52) Apostasia (81) Apóstolo Paulo (4) Apple (1) Aquino (2) Arquitetura (1) Arrebatamento (2) Atalaia (4) Atentado Paris (1) Autoridade (7) Avicci (1) Aylan Kurdi (1) Ayrton Senna (1) Bancada Evangélica (14) Baphomet (7) Barack Obama (12) Batalha Espiritual (16) Bíblia (3) Bíblia Satânica (8) Big Brother (23) Bispo Dozane (3) Bispo Macedo (12) Bispo Robson Rodovalho (2) Blogueiros (34) Brasília (2) Bruxaria (3) Cabala (6) Caim (2) Caio Fábio (1) Carnalidade (72) Carnaval (3) Catolicismo (9) Cenas fortes (1) Cezar Scholze (1) CIA (4) Clube Bilderberg (10) Codex Alimentarius (1) Comunismo (1) Conspiração (51) Controle mental (50) Copa do Mundo (1) Copa do Mundo 2014 (2) Corrupção (83) Crianças (2) Crise na Europa (8) Crítica (12) Cruz (1) Culto ao vivo (5) Cura (3) Daniel Batista (1) Daniel Estulin (6) Daniel Messac (1) Danilo Fernandes (1) Demas (1) Dep. João Campos (1) Depressão (4) Desafio (2) Desenho (2) Deuses (13) Dia dos Namorados (1) Dia dos Pais (1) Dinheiro (38) Dízimo (10) dr. Pedroza (1) Drogas (12) Economia (15) Edir Macedo (30) Eduardo Paes (1) Educação (8) Egito (4) Elite global (35) Emocional (2) Enoque Lima (4) Entretenimento (39) Entrevista (4) Escrever (1) Espiritismo (10) Espírito Santo (4) Estêvão (2) Estudo (106) Estupro (2) Evangelho (2) exposição (1) Fabio Pires (1) Facebook (3) Família (23) Faraó (7) Farsa Aquecimento Global (2) (40) Feliz Ano Novo (2) FIFA (2) Filemom (2) Futebol (1) G.A.D.U (25) Gabriel Medina (1) Gay (2) Genizah (1) George Bush (1) George Orwell (1) Gnosticismo (3) Gospel (17) Gospel Mais (3) Graça (15) HAARP (4) Halloween (1) Hangout (87) Hipnose (2) História (11) Hitler (1) Homossexualismo (40) Hórus (4) HSBC (1) Humanismo (12) Idolatria (25) Igreja (34) Igreja Em Ação (1) Igreja Universal (25) Illuminati (15) Índios (1) Influência (46) Internet (27) Iphone (1) Irmãos (48) Isadora Faber (1) Islã (1) Israel (2) Jaime Santana (29) JAMI (2) Jesus (84) (1) Jogo da Velha (1) Jogos (1) Jornal Estadão (1) Julian Assange (3) Julio Severo (3) Juventude (9) Kuddle (1) Legalismo (2) Louvor (5) Lúcifer (29) Maçonaria (165) MAFIA (3) Magia (11) Magno Malta (4) Manipulação (94) Manoel Ferreira (5) Marcha para Jesus (12) Marco Feliciano (20) Marcos Pereira (4) Marília Camargo César (1) Marisa Lobo (3) Matança (1) Matemática (2) Matrix (4) Maxwell Palheta (178) Mazzini (3) Ménage à trois (1) Mensagem (160) Mensagem Subliminar (12) Microchip (1) Mídia (92) Mike Murdoch (1) Mitologia Grega (2) MK Ultra (7) Moisés (2) MomentCam (1) Monsanto (1) Mortos (7) Moyses Macedo (1) Muçulmanos (5) Múmia (1) Música Secular (9) Músicas (6) NASA (2) Necronomicon (2) Neemias Gomes (1) Nova Era (9) Nova Ordem Mundial (73) O Rappa (1) Ocultismo (50) Olho de Hórus (8) Olimpíadas Londres 2012 (3) Opinião (284) Paganismo (16) Palestra (7) Papa (4) papa francisco (1) Paris (2) Pastor (5) Patricia Piccinini (1) Paul Walker (2) Paul Washer (3) Paulo Curi (2) PC do B (5) Pecado (59) Pedofilia (1) Perdão (21) Pirâmides (4) Pnl (1) Poema (4) Política (161) Pornografia (1) Portugal (2) Praga (1) PRB (1) Pré Pós Tribulação (3) Proclamação da República (1) Programação Monarca (3) PSB (5) PSC (9) PSDB (13) Psicologia (3) PT (17) Rachel Sheherazade (1) Rafinha Bastos (1) Raquel Elana (2) Rebeldia (19) Rede Globo (21) Rede Record (4) Reflexão (145) Rei Davi (1) Religião (71) Rio de Janeiro (43) Rituais (22) rockefeller (1) Rotschild (2) Ruy Castro (1) Sacrifício (16) Salvação (52) Samuel Ferreira (6) Santidade (44) Satanismo (43) Saúde (20) Sebastião Aragão (1) Semíramis (2) Set (3) Sexo (4) Silas Malafaia (52) Simbologias (14) Skinhead (1) Skull and Bones (2) Solidariedade (1) Stalin (1) Tecnologia (34) Televisão (1) Templo de Salomão (3) Teologia da Prosperidade (13) Terra plana (1) Thalles Roberto (1) Thomas Edison (1) Timóteo (1) Transgênicos (1) Trauma (6) Ufo (5) Universo Cristão (162) Usain Bolt (1) Vídeos (316) voyeurismo (3) WikiLeaks (3) Zumbi (2)